O Condomínio da Biodiversidade é um programa focado na conservação da natureza em ambientes urbanos e periurbanos. Atua através do apoio a proprietários de áreas naturais e ao poder público, com objetivo de proteger os ecossistemas e os serviços ambientais prestados pela natureza conservada, revertendo em qualidade de vida para todos.

O ConBio – Condomínio da Biodiversidade surgiu como um projeto sem fins lucrativos formado por pessoas interessadas em conservar a biodiversidade em propriedades particulares de Curitiba e Região Metropolitana – bioma Mata Atlântica – ecossistemas Floresta com Araucária e Campos Naturais. A iniciativa foi apresentada à sociedade em 2000 pelas ONGs SPVS – Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental e Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais.

Recebeu este nome por manifestar a integração de interesses dos participantes – “condôminos” – em prol da conservação da natureza em ambientes urbanos.

Ao longo dos anos, o ConBio visitou mais de mil propriedades particulares realizando o extensionismo conservacionista – ensinando boas práticas de manejo e conservação; apoiou a criação de novas Unidades de Conservação, especialmente as Reservas Particulares do Patrimônio Natural Municipal (RPPNM); promoveu e difundiu a conservação da Floresta com Araucária e estabeleceu parcerias com o setor público e privado, firmando-se como um Programa de Conservação da Natureza em Ambiente Urbano.

 

Linhas de ação

Linhas de ação

Qual seu objetivo? topo

Incentivar atitudes e orientar sobre boas práticas que preservem a biodiversidade e revertam processos de degradação ambiental nas áreas naturais de Curitiba e Região Metropolitana. Para atingir esse objetivo, definiram-se as seguintes estratégias:

  • Apoiar a criação e manutenção de uma rede de áreas protegidas particulares e públicas na Região Metropolitana de Curitiba;
  • Reivindicar a ampliação das áreas protegidas, atualmente mantidas pelo poder público;
  • Identificar áreas prioritárias para a conservação e apontar soluções para sua proteção;
  • Buscar mecanismos que apoiem a conservação de áreas particulares e públicas;
  • Reunir e difundir informações úteis para ação em áreas naturais particulares e de domínio público;
  • Incentivar pesquisas sobre métodos para recuperação de áreas degradadas;
  • Fortalecer e valorizar, perante a sociedade, as iniciativas de conservação da natureza na Região Metropolitana de Curitiba;
  • Buscar a conscientização crescente da população através de ações educativas permanentes.

Quem se beneficia? topo

Áreas naturais inseridas ou próximas aos grandes centros urbanos, que cumprem inestimáveis funções ecológicas, trazendo benefícios diretos e indiretos para toda a população. Além disso, os proprietários dessas áreas passam a contar com o apoio técnico do ConBio.

Benefícios compartilhados por todos:

  • Manutenção da qualidade da água para abastecimento público;
  • Regulação do clima regional;
  • Absorção de poluentes atmosféricos;
  • Proteção do solo, evitando deslizamentos e erosão;
  • Redução dos riscos de enchentes;
  • Manutenção da paisagem e dos valores culturais e estéticos;
  • Conservação da diversidade da flora e da fauna.

Históricotopo